Diretor da Game Freak comenta sobre a polêmica Pokédex de Pokémon Sword / Shield

O Diretor da GAME FREAK Junichi Masuda postou um comentário em japonês e inglês no site da The Pokemon Company na sexta-feira (28/06/2019) sobre as notícias que havia anunciado recentemente sobre os jogadores serem incapazes de transferir alguns Pokémon das gerações anteriores para os próximos jogos Pokémon Sword e Pokémon Shield .

O comentário completo diz:

Obrigado a todos os nossos fãs por se preocuparem tão profundamente com Pokémon. Recentemente, compartilhei a notícia de que alguns Pokémon não podem ser transferidos para Pokémon Sword e Pokémon Shield . Eu li todos os seus comentários e aprecio seu amor e paixão por Pokémon.Assim como todos vocês, somos apaixonados por Pokémon e cada um deles é muito importante para nós. Depois de tantos anos desenvolvendo os jogos de Pokémon, essa foi uma decisão muito difícil para mim. Eu gostaria de deixar uma coisa clara: mesmo que um Pokémon específico não esteja disponível em Pokémon Sword e Pokémon Shield , isso não significa que ele não aparecerá em jogos futuros.

O mundo dos Pokémon continua a evoluir. A região de Galar oferece novos Pokémon para encontrar, treinadores para a batalha e aventuras para embarcar. Estamos colocando nossos corações nesses jogos e esperamos que você esteja ansioso para se juntar a nós nessa nova jornada.

Os Pokémon Sword e Pokémon Shield  do Nintendo Switch será lançado em todo o mundo simultaneamente em 15 de novembro.

O novo jogo de Pokémon  incluirá Wooloo, Gossifleur, Eldegoss, Drednaw, Corviknight e os lendários Pokémon Zacian e Zamazenta. Novos recursos incluirão Dynamax e Max Raid Battles.

Os Pokémons iniciais da nova região de Galar dos jogos será Grookey, Scorbunny e Sobble. Nintendo primeiro anunciou maio 2018 que os novos jogos “Core Series” para a franquia iria lançar no Switch em 2019.

Fonte: Pokemon.com